Estudantes intercambistas da Unijuí visitam Museu no Dia da Língua Estrangeira

Na tarde desta quarta-feira, 11 de maio, um grupo de alunos intercambistas ligados à Unijuí visitaram o Museu Antropológico Diretor Pestana (Madp). Com programação traçada pelo Escritório de Relações Internacionais da Unijuí (ERI) os estudantes estrangeiros puderam conhecer um pouco sobre a história da cidade e das culturas presentes na região, conhecendo também mais sobre os povos originários do país, visitando a exposição temporária do Museu “Território é Vida”, que aborda a temática indígena.

 

Em uma programação promovida pela Universidade, as atividades fizeram parte do Dia das Línguas Estrangeiras na Unijuí. Data que buscou exaltar os diferentes idiomas presentes na instituição. Contando com uma variada programação, alunos e contribuintes puderam participar de oficinas, rodas de conversa e testes de aptidão, possibilitando o exercício de prática da língua inglesa, espanhola e demais idiomas. 

 

Acompanhados pela Assistente de Relações Internacionais Monique Rollof, do Escritório de Relações Internacionais da Unijuí (ERI), Krista Arellano, dos EUA, professora assistente de inglês da Unijuí, Gabriela Perez, da Colômbia, estudante do mestrado em Sistemas Ambientais, Adeyemi Maafouz, de Benim, estudante do mestrado em Direitos Humanos e Idohou Kinth, também de Benim, estudante do mestrado em Desenvolvimento Regional, formaram o grupo de estudantes internacionais que visitaram o Museu. 


MADP como espaço de estudo e reflexão recebe alunos de educação básica à pós-graduação

MADP como espaço de estudo e reflexão recebe alunos de educação básica à pós-graduação   

Alunos do ensino médio ao doutorado foram recepcionados na última quinta-feira para realizar atividades de estudo e pesquisa nos espaços do Museu.

Na tarde da última quinta-feira, dia 24 de março, o Museu Antropológico Diretor Pestana (Madp) recebeu em seus espaços de visitação e pesquisa, duas turmas de diferentes níveis educacionais. A Escola Estadual de Ensino Médio Antonio Padilha com o propósito de conhecer a Exposição Temporária e a de Longa Duração, trouxe alunos do ensino médio para a realização de estudos, onde além dos espaços expositivos também puderam realizar atividades na sala de pesquisa conhecendo outras tipologias de acervos preservados pelo Madp. A escola foi uma das vencedoras do sorteio de aniversário de 60 anos do Museu no ano passado, e aproveitou-se dos ingressos para trazer os estudantes a conhecerem e pesquisarem na instituição.

Em outro diferente nível educacional, mas nos mesmos ambientes, a turma de Mestrado e Doutorado do Grupo de Pesquisa Biopolítica e Direitos Humanos da Unijuí, coordenado pelo Professor Maiquel Wermuth, pôde conhecer os espaços do Museu, estes ligados à pesquisa e difusão do acervo. A visita ocorreu em participação conjunta do Professor Doutor Ivo Canabarro, o qual foi responsável pela visita guiada, o qual contou com a colaboração da equipe do Madp. Percorrendo os diferentes espaços do Museu pôde-se apresentar ao grupo de mestrandos e doutorandos, os serviços oferecidos no âmbito de pesquisa, e a configuração da exposição de longa duração.

Fazendo parte do atual roteiro de visitação, ambas as turmas puderam conhecer a Exposição Temporária “Mãos que curam: o benzimento em Ijuí'', e também assistir o documentário produzido, ambos frutos do projeto “Valorização do Patrimônio Imaterial”. Com a presença de Patrícia Franco, responsável pelo desenvolvimento da pesquisa, os alunos puderam participar de uma breve discussão sobre a temática, reforçando assim a importância dos espaços que propõem a pesquisa e reflexão, tal como o Madp.